top of page
  • Não me sinto confortável com a ideia de ser filmada durante o parto. Posso ter um filme na mesma?
    Claro que sim! Digo sempre às minhas clientes que o mais importante é que devem fazer apenas aquilo com que se sentem confortáveis. Cada cliente é única, e por isso ofereço vários serviços que se adaptam ao desejo de cada família. Em certos casos, passa por uma sessão durante a gravidez e uma visita no hospital/casa depois do nascimento. Algumas gostariam de ter documentado o início do trabalho de parto ainda em casa, e por fim podem desejar registar o momento do nascimento em si.
  • Tenho vergonha de câmaras. Faz sentido contratar este serviço?
    Opto ao máximo por ter uma abordagem o menos evasiva possível, mais documental e que respeite sempre o vosso nível conforto. No entanto caso não tenha a certeza se quer que esteja presente no seu parto ou no pós-parto, proponho a realização de uma sessão durante a gravidez. Esta sessão não só preserva a memória desta fase, como permite que nos possamos conhecer melhor antecipadamente e com isso tomar a decisão se é o serviço certo ou não.
  • Vou ter o meu bebé no hospital. Posso ter o registo do parto?
    Em Portugal, não é comum ser permitida a entrada de um fotógrafo/videógrafo nas salas de parto, sendo essa decisão uma questão que fica, por norma, ao encargo da equipa que irá acompanhar o parto. Por este motivo, é importante que verifiquem com o vosso hospital, maternidade ou clínica de escolha se autorizam a entrada de uma videógrafa na vossa sala de parto. Caso este pedido seja negado, não significa que não possa acompanhar parte do processo. Poderei estar presente durante o período anterior à ida para o hospital, acompanhando assim a fase inicial do trabalho de parto.
  • Gostava de ter um filme e uma doula no meu parto. É possível ter os dois serviços?
    Enquanto doula, a minha função durante o parto é de estar 100% dedicada à mulher em trabalho de parto. Por esse motivo, seria incompatível exercer as duas funções ao mesmo tempo sem comprometer a qualidade de qualquer uma delas. No entanto, poderei ser vossa doula pré e pós parto e videógrafa durante o parto. Esta opção trás uma grande vantagem. Desta forma, iremos criar uma relação ainda mais próxima e de confiança ao longo da gravidez. Mas não podemos esquecer que quando chegar o grande dia, estarei 100% dedicada a filmar todo o processo.
  • Quais a vantagens de escolher ter vídeo em vez de fotografia?
    Optar por ter uma videógrafa em vez de uma fotógrafa durante o parte tem algumas vantagens. A primeira (muito simples, mas muito importante), é que a filmagem, ao contrário da fotografia é completamente silenciosa, o que torna o momento mais tranquilo e sem perturbações. Claro que a grande vantagem do vídeo é que nos permite reviver aqueles momentos de forma mais profunda. A imagem em movimento, o som do primeiro choro do bebé, tudo isto elementos que vão enriquecer a experiência.
  • Não vivo em Lisboa. Ainda assim é possível ter um filme?
    Sem dúvida. Estou disponível para registar as vossas histórias em qualquer zona do país: Portugal Continental e Ilhas.

VALORES:

Autenticidade

Conexão

Amor

Família

Arquétipo: Magician - Power - Leave Legacy

COVID-19 SPECIAL CARE

  • Due to the restrictions imposed by hospitals regarding the presence of the birth partner, I am not conducting birth recording in a hospital environment for the time being. However, if you would like to capture the story of your baby's birth, please contact me. I am sure that we'll find an alternative solution.

  • During all meetings I always use an FFP2 mask that provides bi-directional protection.

  • During all meetings I often use hand sanitizer and disinfectant wipes on the equipment, particularly before entering and leaving your home.

  • In meetings held indoors, namely at the family's house, it is important to keep windows open throughout the meeting.

If you have any questions or need additional care, do not hesitate to speak with me, I am completely open to meeting your needs so that you safe.

"O labirinto"

Em parceria com a APDMGP, a These Golden Hours criou este projecto para trazer informação às mulheres durante a gravidez, parto e puerpério.

"O nosso objectivo não é influenciar as pessoas para nenhuma filosofia em particular. É, sim, apoiá-las para que possam fazer escolhas verdadeiramente informadas, e encontrar profissionais de saúde que as apoiem nessas escolhas.

Somos pais, mães, filhos e filhas das mais diversas áreas profissionais. Empresários, biólogos, doulas, juristas, advogados, terapeutas. O que nos une é a forma como todas estas áreas podem contribuir para a causa de como se nasce em Portugal." (do site da APDMGP)

bottom of page